sexta-feira, 5 de junho de 2009

O QUE ESTAMOS A LER - JUNHO - 2º parte


Cláudia F. - A ler "O espelho Negro" de Juliet Marrilier, 1º livro das Crónicas de Bridei.
"O livro é giro, mas estava a espera de muito mais. Eu já li a trilogia"sevenwathers" e " As crónicas de Bridei" deixa muito a desejar. O espelho negro está a ser muito mais maçudo, muita guerra, muita descrição e pouca acção (falta de romance, mistério, acontecimentos rápidos e emocionantes) Mas vou continuar a ler a trilogia."



Monica R.
- Acabou de ler "O Herdeiro de Sevenwaters" de Juliet Marillier
"O melhor livro que li este ano em português. Para quem, como eu, adora Sevenwaters este é um livro a não perder porque nos transporta para aquele mundo maravilhoso e para aquela família protegida pelas criaturas encantadas. É a história de uma das netas de Sorcha (heroína da Filha da Floresta), que faz valeu o ditado "Quem sai aos seus, não degenera", e que vive uma grande aventura em nome do amor. A história está muito bem contada e surpreende-nos a cada momento..."


Agora está a ler "A Andorinha e o Colibri" de Santa Montefiore
"É um romance passado depois da Segunda Guerra Mundial em Inglaterra e que nos mostra como os horrores da guerra transformaram a vida das pessoas, não só das que lutaram mas também das que ficaram nas suas terras natais à espera do regresso dos seus filhos, maridos ou namorados. Rita espera pelo namorado George que regressa a casa e que em vez de casar com ela decide partir para a Argentina, onde se apaixona e casa com outra mulher. Rita promete esperar por ele, mas até onde pode o amor chegar..."


Diana - Terminou de ler "Os Corvos de Avalon"de Marion Zimmer Bradley, e gostou imenso.
"Gostei porque, como eu tive a dar um pouco de cultura celta na faculdade, deu para compreender os seus rituais, a ligação à terra, aquela aura mágica e mística que eles têm, isto tudo com a história factual da rainha Boudica, da invasão dos romanos e as dificuldades e batalhas que tiveram que enfrentar. "



Ainda leu "As velas ardem até ao fim", do escritor Sándor Márai.
"Gostei imenso, fala-nos de duas personagens que ao fim de 41 anos se reencontram, unidos por um segredo que se quer desvendado. É nessa noite do reencontro, num casarão outrora cheio de vida e que agora só tem algumas salas habitadas, que somos levados a conhecer a vida de ambos através de um monólogo extenso de uma das personagens, mas que quase não se dá por isso, de tão fluida que a escrita é."

Agora vai começar a ler "Joheved", que é o primeiro livro de uma trilogia chamada As Filhas de Rashi, da autora Maggie Anton.
"Tem como base o ensinamento do Talmude, um documento muito importante da religião judaica, de um homem às suas filhas, numa altura em que era proibido as mulheres terem tanto saber. Isto é passado em França, no século XI e é um romance histórico, por isso estou ansiosa para o começar a ler!"


Rosa - Leu "Enquanto Salazar dormia" de Domingos Amaral.
"Apesar de não ser o meu tipo de leitura, não desgostei doEnquanto Salazar dormia, mais como descritivo duma época, como romance nem por isso"







Marta - Agora está a ler "A Luz" (Shinning) de Stephen King e está a adorar.
"É dos meus autores favoritos neste género de terror, por isso não esperaria outra coisa deste livro.Aconselho de Stephen King, "A História de Lizy" e "Insónia."


Leu "A Casa dos Espíritos" de Isabel Allende .
"Foi o primeiro livro que li desta autora, e demorou um pouco até me habituar à escrita, mas a história em si é muito boa. Já tenho outro livro dela para ler, "O Plano Infinito", só espero que seja tão bom quanto este."

Aqui está o trailer do filme "A casa dos Espiritos" de 1993. Para quem não sabe uma grande parte do filme foi filmada em Portugal. Ai ainda me lembro quando a noticia passou no telejornal da altura. É fantastico o que a nossa memória guarda.

O filme todo está no youtube.

Boas leituras e bom fim de semana!

2 comentários:

Diana disse...

Olá!
Venho avisar que tens um chá de pétalas de rosa à espera no meu blog ;)

Beijinhos!

ClaudiaV disse...

Oh um chá! :) Isso é que é falar! Tem é de ser fresco que com o calor que está derretemos. lol