sexta-feira, 17 de julho de 2009

MARCADA - excertos

Contracapa:

Zoey Redbird tem 16 anos e vive num mundo igual ao nosso, com uma única diferença: os vampyros não só existem como são tolerados. Os humanos que os vampyros "marcam" como especiais entram na Casa da Noite, uma escola onde se vão transformar em vampyros ou, se o corpo rejeitar, morrer.


---


"Quando achava que o dia não poderia piorar vi o morto ao pé do meu cacifo. Kayla falava sem parar, ao seu estilo tagarela, e nem sequer reparou nele. A principio. Aliás, agora que penso nisso, ninguém reparou nele até ele falar, o que é tragicamente, mais uma prova da minha incapacidade aberrante em me integrar."
(primeiro capitulo - pag. 11)


"Ela limitou-se a sorrir serenamente. És mais velha do que a tua idade, Zoeybird. Tem fé em ti e acharás maneira. Mas lembra-te, as trevas nem sempre equivalem ao mal, assim como a luz nem sempre trás o bem.
Depois a Deusa Nyx, a antiga personificação da Noite, inclinou-se e beijou-me na testa. E, pela terceira vez nesse dia, perdi os sentidos."
( Quinto Capitulo - pag. 48)


"Sim, eu sabia sobre toda a questão do sexo oral. Duvido que haja algum adolescente vivo na América hoje a não saber que o público adulto acha que que fazemos sexo oral a rapazes como quem dá pastilhas (ou talvez seja mais apropriado dizer caramelos). Okay, são tudo tretas e sempre me irritaram."
(Sétimo Capitulo - pag 65)


" - Querem que nos alimentemos bem pela mesma razão que nos obrigam a fazer exercicio todos os dias - para que os nossos corpos estejam tão fortes quanto possível, porque se começarmos a enfraquecer ou a engordar ou a adoecer, é o primeiro sinal de que estamos a rejeitar a Mudança.
- E depois morremos - disse eu, baixinho.
- E depois morremos - anuiu ela."
(Décimo Primeiro Capitulo - pag 103)


"Magia! Estavam mesmo a rezar por magia! Daria resultado - poderia dar resultado? Haveria mesmo magia neste mundo? Lembrei-me da maneira como o meu espirito pudera ver mundos e como a Deusa me chamara com a sua voz visível para dentro da abertura, e depois me beijara a testa e mudara a minha vida para sempre. E como, momentos antes, eu sentira o poder de Neferet a chamar os elementos. Não o imaginara - não o podia ter imaginado.
Fechei os olhos e pensei na magia que parecia rodear-me e depois fiz o meu pedido à noite. O meu desejo secreto é integrar-me... que tenha finalmente encontrado um lar que ninguém me possa tirar."
(Décimo Quinto Capitulo - pag 151)


" A aula Espanhol passou num instante: uma aula inteira para aprender a dizer do que gostamos e do que não gostamos. A professora Garmy era um fartote de rir. Disse que aquilo mudaria as nossas vidas. Me gusta gatos (gosto de gatos). Me gusta ir de compras (gosto de ir às compras). No me gusta cocinar (não gosto de cozinhar). No me gusta lavantar el gato (não gosto de lavar o gato). Eram as frases favoritas da professora Garmy, e passámos aquela hora a inventarmos as nossas.
Tentei não escrever coisas como, por exemplo, me gusta Erik... e no me gusta el megera Afrodite. Okay, tenho a certeza que el megera-o não é como se diz 'megera' em Espanhol, mas mesmo assim."
(Vigéssimo Segundo Capitulo - pag. 230)


"- Que vestido giro, Zoey. Parece mesmo o meu. Ah, espera! Era o meu. - Afrodite soltou uma gargalhada rouca, do tipo 'sou tão crescida e tu és apenas uma miuda'. Abomino quando as raparigas fazem isso. Sim, claro, é mais velha, mas eu também tenho mamas."
(Vigéssimo Sétimo Capitulo - pag. 275)

2 comentários:

- Leonor Pinto disse...

Eu ja li o livro e adorei mesmo! É excelente! E quero ler todos os que se seguem. Sabes-me dizer quando é que sai "Traída"? Eu ja tentei procurar em todos os sitios mas não ha. =x
parabens pelo blog, esta muito bom! :D
*

ClaudiaV disse...

Olá Leonor,

O Livro "Traída" saí no dia 11 de Setembro - http://noticiasdafantasia.blogspot.com/2009/06/traida-casa-da-noite-livro-2.html

Fico muito contente por teres gostado do blog. Se tiveres alguma sugestão podes sempre dizer.
Jokas