domingo, 8 de fevereiro de 2009

Uma visita às livrarias

Algo que me dá prazer em fazer é passear pelas livrarias e dar uma vista de olhos pelas novidades. Foi assim que encontrei a Juliet Marillier e a Anne Bishop, por isso o método não é muito mau. Digam o que disserem, mas ter um livro na mão é diferente de o ver na internet.

Começei pela Fnac uma vez que tenho uns vales para gastar.

De todos que os vi houve um que me saltou à vista e me deixou curiosa... Elspeth - Os Libertadores do Pensamento de Isobelle Carmody. Na capa tinha qualquer coisa como "A não perder pelos fãs de Juliet Marillier e Marion Zimmer Bradley". Desfolhei-o, achei-o interessante mas o preço (19,90 € ) desmotivou-me a compra. Depois descobri que era o volume 2 de "As Crónicas de Obernewtyn”. Procurei o 1º nas estantes, Elspeth - A Senhora do Pensamento, este já custava 17,95 €, mas só havia um e com a capa em mau estado. Desisti da compra.

Mas ainda tinha os vales para gastar... e tinha trazido duas ideias de livros a comprar que não conseguia achar nas prateleiras:


* A mulher do viajante do tempo de Audrey Niffenegger- que me foi sugerido pela Therese Walsh que costuma escrever no site http://writerunboxed.com/


* O Labirinto Perdido de Kate Mosse - Recomendado pelo Patrick.

Fui às informações e disseram-me que o primeiro estava esgotado na editora ( preço 20 €) e que o segundo só mediante encomenda (24,40 €). Perante os preços fugi.

Mas decidida a trazer para casa um livro ainda fui à Berthand. Os preços eram os mesmos (apesar de a Berthand ainda fazer 10% de desconto a quem tenha cartão, mas para isso mais vale esperar e comprar na segunda segunda- feira do mês que é quando fazem 20%). Porém, tinham "O labirinto Perdido" na estante e pude vê-lo de perto. (É grande!)

Cheguei a casa, fui espreitar o
http://www.wook.pt/ e acabei por comprar 2 livros (ai que desgraça monetária), isto porque o preço do "O labirinto perdido" foi muito apelativo - custa apenas 10€ !!! (sim, era aquele que custava 24,40 €)

Além desse comprei " Elspeth - A Senhora do Pensamento" por 16,16 €. Sim a curiosidade é a minha fraqueza! :)

2 comentários:

PatMan disse...

T.T Eu quero a Filha do Sanguee.... **choramingar**
=P
Hehe... Não és a única. Embora alguns artigos sejam dvd's e uma banda desenhada, também comprei uns quantos livros nas últimas duas semanas.
Acabei de receber os "Warrior" & "Witch" da Marie Brennan

Oh, wow... Tantos autores Australianos a serem publicados em Portugal.
Eu comprei os primeiros quatro livros da Isobelle Carmody, mas... Após acabar o primeiro, não passei do segundo. Achei o final do primeiro um pouco... 'Atabalhoado'... E até fiquei um pouco desapontado pois a história do primeiro parece-ce demais com "The Chrysalids" do John Wyndham, um pequeno livro que eu simplesmente adoro, embora puder lê-lo em apenas duas horas e meia, se não fôr interrompido.
Até estou com ideias de os vender no eBay. Mas as capas são mesmo lindas, na edição Australiana. :)

Quanto ao Labirinto Perdido... Eu espero que gostes mesmo. Até a minha amiga Jaime ficou surpreendida, quando lhe falei nele, pois ela sabe que os meus gostos de livros são quase exclusivamente para temas de ficção scientífica e fantasia. Também tem um bocadinho do sobrenatural, mas realmente, a história em geral é soubre a vida das personagens principais. :)
Está-me a apetecer lê-lo de novo. :)

ClaudiaV disse...

Eu tenho a "Filha do Sangue" em fila de espera. Agora está a recepcionista aqui do trabalho a ler e depois já tenho outra pessoa que também o quer experimentar.
O segundo também o tenho emprestado.
Ontem olhei para a prateleira e verifiquei que muitos dos meus livros andam a passear :) especialmente os da Anne Bishop.

Esse da Marie Brennan soa-me bem, sé é pena não haver em português.

Pensaste o mesmo que eu: mais uma autora australiana. Não sei o que se passa.

Não li nada de John Wyndham (acabei de ver e tb não existe nada em português) e pode ser que isso não me influencie. Se não gostar da historia da Isobelle Carmody, pelo menos só comprei o primeiro livro, logo o prejuizo não é muito :)

Por exemplo, quando comprei o "A ultima feiticeira" de Sandra Carvalho, a história também não me aliciou porque achei a heroina um pouco parecida com a Sorcha (da filha da Floresta da Juliet) pois também não podia falar. Isso fez que eu não comprasse os seguintes livros, mas a Monica R. compro os seguintes e gostou. Agora tenho-os lá em casa para ler.

Mal posso esperar para ler o "Labirinto perdido" :)